domingo, 31 de outubro de 2010

Halloween

Hoje e halloween por aqui. A tradicao nao e tao forte como nos estados unidos, mas funciona. Hoje os meninos sairam pra comprar uma pumpkin, e o papai fez uma bem legal. Tinhamos combinado de sair com o vizinho, mas ele ficou doente. Então assim que escureceu (as 16:30... rende um post depois) saímos.
Aqui ao lado da village, tem tipo um condomínio, e vimos que ali era quente. O Lo se paramentou com sua roupa de robo, com sua sacola para doces e saimos. Logo encontramos um grupo de crianças e entramos de carona. Passamos por 3 casas. As crianças batem na porta, gritam trick or treating e ganham doces.  Lorenzo ficou meio com vergonha, mas por doces se faz qualquer negócio, então foi no colo do papai. Depois de 3 casas ele disse que tava bom. Chegou, ligou um desenho e se esbaldou com os doces... as fotos ficaram ruins, porque tava chovendo e eu fiquei com medo de ficar regulando a camera e molhar... mas da pra ter uma idéia da diversão. 







                                                          Batendo de porta em porta
                               Mamae no maior clima das bruxas (sem querer...)
                                             Com os doces espalhados depois da brincadeira


Ai meus pounds...

Hoje fomos na disney store. Nos ja tinhamos ido antes, mas nao no clima de natal. MEU DEUS!!!
Eles tem mil coisas de decoracao. Para a arvore, para dar de presente, para pendurar pela casa... tudo custa, claro, o valor  belezura, mas e muita beleza!
Pra comecar, na entrada da loja tem pelucias GIGANTES dos personagens, por 20 libras. Nao e barato, mas so de pensar que eu namorava horas na superfesta esses mesmos personagens, e custava tipo uns 400 reais, eu volto a ter 15 anos. Michey, Minnie, Pato Donals, Stich minha gente, STITCH gigante por 20 libras. Mas o pior esta por vir no meio da loja. Tem caixas maravilhosas que sozinhas já vale, mas quando tu abre tem bolas de natal enormes.... uma das caixas é só dos 7 anões (que aliás tem em pelucia, cada um deles...), outra dos Pooh, outra linda onde cada bola é um dos clássicos desenhos disney... tem a ponta da árvore da sininho!!!!!!!!!!!!! e as pelucinhas pra pendurar na árvore então.... bizonho de rena, michey com barba de papai noel, pateta de duende.... eu quase tive uma epifania!!! Não comprei nadinha nadinha, mas ja decidi que vou investir em pelo menos uma caixa de bolas e num conjunto de 4 pelucinhas.
Sei que a cena era assim: eu correndo pra todo lado mostrando pro bernardo as coisas,  o Lo sentado no carrinho na maior cara de tédio: vamo mamãe, quero ir embora da loja de brinquedos....

                                                        IRMAAAAAAAAA, OLHA ISSO
 Esses certo estarao na minha árvore. 4 por 12 pounds


Para quem quiser morrer de inveja: www.disneystore.co.uk

In Loco





Sempre nas atividades sociais inglesas, eu me sinto uma antropóloga estudando o objeto "in loco", no seu habitat natural. Ontem tivemos muitas experiências inglesas.
A primeira, pela manha, fomos no parque e tinha dois meninos "pescando"com uma.. (aqueles tipo de pegar borboleta) e nos disseram que pegavam peixinhos pequenos para esses pescarem peixes grandes.Enfim, nos passaram o maior papo de pescador, e ficamos um tempão vendo os dois pescarem. E o Lo realizado, olhando o guri dentro do lago.... e tudo isso, atras da nossa casa.
A tarde, tivemos nosso primeiro aniversário infantil inglês. A princípio, nada muito diferente. Era em um restaurante que tinha uma área infantil, tipos dos mcs da vida.
Mas tudo ja começou no convite. Entregue mais de 1 mês antes, que pedia a confirmação da presença, e do que o convidado iria comer.Vinha com listinha que a gente marca e devolve. Ok, nada de mais até então. Depois a hora do aniver foi uma questão a parte, marcava assim: 12,5 até 2:15. Que horas é isso? 12:30 ou 12:50?v enfim, chegamos a 13, pra não ter dúvida. Como não sabíamos se o convite era extensivo pra nós, perguntamos pra mãe dele um dia antes, e ela falou que não. kkkkk Não, ela falou que era pra deixar ele e pegar depois, mas que se ele não ficasse sozinho, um de nós poderia ficar. Como não me sinto confortável em deixar ele com pessoas que não conheço, fomos preparadoas pra ficar. Chegamos lá uma caixa enorme de presente, entregamos pra ele que ficou todo surpreso, e o Lo foi brincar. Como era um restaurante,pegamos uma mesa do lado da área infantil, pedimos uma água e ficamos por ali. O Lo ia, voltava, nós entrávamos, tudo certo. Vem o lanche, naquelas caixinhas, com o nome do convidado, eles comem e depois o parabéns, com um bolo pequenino. Lo ficou meio chocado, pois ninguém bate palma, só canta e no final diz eeeeeeeeee. Mas tudo bem. Depois do parabéns, vem a sobremesa (sorvete) e a mãe no aniversariante entrega a lembrancinha, dando a deixa pra hora de ir embora. Na sacola da lembrancinha, mais uma surpresa: um pedaço do bolo enrolado em guardanapo!!! kkkkk
Mas assim, eu devo parecer uma louca, mas fico olhando e prestando atenção em tudo. E uma constatação que fizmos: só nós levamos presente!! alguém sabe se é assim mesmo? ficamos falando que não vimos ninguém com presente na mão, e talvez por isso a cara de espanto do pequeno. kkkkkk
Eu falei pro Ber, que percebo muito como a individualidade inglesa rege muito o comportamento das pessoas com todas as coisas. Nós somos envolvidos com família, pessoas, e acho que o brasileiro tem muito o sentimento de coletividade. A gente faz tudo pensando em como aquilo trará consequencias para as pessoas, para a família, para a sociedade. ATé nas pequenas coisas. (no dia que chegamos em norwich, na descida o trem tinha uma velinha com uma mala enorme, e o Ber deu a mão pra ele descer no trem, ela quase teve um troço de tanto que agradeceu, porque ninguém tinha feito nada). e ali na festa, era assim: cada um cuidando da sua criança, e se tinha uma briga entre elas, as mães não tem o menor constrangimento de botar a boca no filho alheio. kkkkk imagina se eu faria isso!!!
Mas enfim, foi muito legal fazer parte da festa, e ficamos muito felizes pelo convite. O Lo disse que ele (o inglesinho aniversariante) é o melhor amigo dele.

sábado, 30 de outubro de 2010

E segue o papo...

Dialogo que se segue na hora de dormir (sempre na hora de dormir...)
Lo: mamae, de quem e esse cama? (se referindo a outra cama do quarto dele)
- a Lo, é tua.
-não é não
-ah, então é de quem vier nos visitar aqui
-ah, nãaaaao, é dos meus irmãos essa cama. Eles tão na tua barriga, dai ela crescer crescer e depois eles vão nascer e dormir aqui, daí se eles ficarem com medo podem vir pra minha cama e eu cuido deles.
-que lindo Lo, mas não tem nenhum bebe na minha barriga ainda...
-ahhhh, é porque o o papai não colocou a sementinha na tua barriga ainda né??
-(terreno perigoso...) é sim filho, por isso.
-e por onde entra a sementinha na tua barriga?
-bom filho, entra pela minha p...(completem como quiserem)
-mas tem que ter um buraco pra entrar
-mas tem, bem pequeno.
-eu quero ver então mamãe
-mas não pode filho, é meu
-hm..... (alguns segundos depois),vou la perguntar pro meu pai onde ele guarda as sementinhas
                                   desce as escadas,e volta com o pai pelas mãos
-papai, onde tu guarda as sementinhas antes de colocar na barriga da mamãe?
-(papai surpreso porque não acompanhou a conversa toda) fica em um lugar que só os meninos tem, no saco.
-ahhhh, ta bom.
                                    segue beijo de boa noite, papai desce, ele vai pra cama
-mamãe,a sementinha entra pela tua p... né?(sim) e fica guardada dentro do saco do papai né?(sim)... mas então.... vou la perguntar pro meu pai
                                      desce de novo todas as escadas, volta com o pai pelas mãos
-mas papai, como que sai a sementinha do teu saco?
(!!!!!!!!!)- ahhhhhhhh, Lo, tem algumas coisas que só os adultos sabem, quando tu ficar mais velho a gente te conta.
-Lo: mas eu não queeeeeeeeero ficar mais velho.


(e depois dessas conversas deliciosas, nem a gente quer que ele cresça....)

sexta-feira, 29 de outubro de 2010

Traquitanas inglesas

Hoje chegaram umas compras que fizemos pra casa. Tudo meio organizacional.
Compramos 2 abajures pra casa ficar com mais cara de casa. Uma pra sala outro pro nosso quarto. Tambem uma maquina bde cortar cabelo pro Ber. Aqui e caro cortar o cabelo, entao resolvemos investir nisso. Hoje foi minha primeiran expriencia como cabeleira, e ate que nao fui mal. (depois se ele deixar tiro uma foto e coloco). Compramos tambem um organizador de roupas. Explico: no nosso quarto tem um armario enorme, MAS sem prateleiras, ou seja, so da pra colocar cabide, nao faz muito sentindo. Dai compramos esse organizador que da pra pendurar no varao. Ja fez  toda diferenca! Compramos tb um armario pra colocar os sapatos que estavam uma bagunca.
E legal de perceber que todas as casas tem essas coisas. Que todos os armarios nao tem prateleiras (!!!!) e que todo mundo tem esse armarinho de calcados pra colocar as botas de chuva e afins.
Outra coisa que todas as casas tem e os ganchos para colocar casacos na entrada de casa. A gente entra, tira toda a parafernália de frio e ja deixa por ali mesmo.
Aos poucos vamos nos infiltrando na vida inglesa.


O final de semana promete, amanha aniversario do vizinho amigo do Lo, e no domindo, Helloween, com direito a "trick or treat" na vizinhança. Veremos.
                        Casacos e coisas mil
                                Botas de chuva (e neve)
                          Não é bonito, mas é util.

quinta-feira, 28 de outubro de 2010

Christmas time





Hoje seguindo nosso programacao de Half Term, eu e o Lo fomos pro centro. Biblioteca infantil, uma passadinha se sessao infantil da Jarrold (morram de inveja, http://www.jarrold.co.uk), depois um sorvetinho (tava calor, uns 15 graus) e uma bela caminhada.
 Nao sei quanto ao Brasil, mas aqui tudo ja esta em clima de natal...loja com decoracoes lindissimas, e as pessoas com sacolas, MUITAS sacolas.
Outros dias estavamos comentando como o povo compra por aqui! provavelmente um reflexo da economia (e olha que  ela anda mal das pernas), mas e impressionante. Todo mundo com mil sacolas, papel de presente (e aqui uma nota: todas as lojas, TODAS, incluindo supermercado, sempre, SEMPRE perguntam se precisamos de sacola, porque aqui reciclar 'e coisa muito seria), enfim, comercio natalino a mil. Como nao teremos muitos presentes pra comprar esse ano, minha procupacao com isso esta em 0%. Mas as decoracoes de natal..... que coisa mais maravilhosa. Arvores, penduricalhos, milhoes de coisas pra colocar na arvore, um sonho.
O Ber quer tentar esse ano comprar um desses pinheiros naturais, como manda a tradicao, e como temos espaco pra isso... veremos.
A decoracao ta por ai, as comprar estao por ai, dezembro daqui a pouco ta batendo na porta, so quero ver se a grande convidada dos Bueno aparece: a neve!

quarta-feira, 27 de outubro de 2010

A arte de criar, e de não ser igual a todo mundo...

Hoje eu e o Lo aproveitamos o dia lindo (e quente) e fomos fazer uma atividade do Sainsbury Center, o museu da universidade, que tinha uma programacao para as criancas que estavam no Half Term (essas ferias).
O museu está com uma exposição africana, e a atividade era a costrução de uma das máscaras da exposição. A funcionária nos orientou a ver a máscara para saber como reproduzi-la. E lá fomos nós. Olhamos, conversamos (o Lo achou assustadora...) e sentamos os dois na mesa. Pega a folha, recorta, pega os lápis e tal... e dai ele que adora furador de papel, decidiu furar toda a lateral em volta da máscara. Começamos nosso projeto e a funcionária veio me dizer que pra colar a cordinha pra segurar no rosto (como máscara mesmo) não precisava furar tudo. Eu expliquei ele decidiu fazer assim, e tudo bem por mim. E ela ali, nos olhando. VOlta e meia perguntava se precisávamos de ajuda. Eu olhei em volta e todas as crianças e pais, fazendo a reprodução da máscara, super bonita, e nós ali, furando...como nesse sentindo sou meio riponga, não me importei e segui o que ele queria fazer.
Quando os furos terminaram, peguei a lã disponível e eu e o Lo começamos a passar por todos os buracos, fazendo tipo uma moldura da máscara. Quando terminamos a orientadora veio até nós. Eu pensei, pronto, vai nos expulsar por estar "difamando" a máscara africana. E minha supresa foi: ela se enlouqueceu e AMOU nossa obra!! Disse que ficou lindo, de uma criatividade maravilhosa, que ninguém tinha pensado naquilo antes (nota: a idéia foi do Lorenzo!!!!!!), e toda hora vinha pegar a nossa pra demonstrar para os outros pais. Depois veio até nós toda sem jeito e pediu para fazermos outra, assim não precisava nos "atrapalhar" pedindo para mostrar aos outros. Na hora de ir embora, eu falei pra deixar ali uma das máscaras, mas ela disse que nào, que a idéia foi nossa e era para levarmos. Entreguei pro LO que foi todo orgulhoso segurando as duas, enquanto as outras crianças copiavam a idéia dele.
Como é interessante isso tudo. Aqui, a cultura do museu e da arte é muito forte. Todas as crianças crescem dentro de museus e obras. Os pais levam tanto a museus quanto a pracinhas, mas não sei quanto a liberdade de criar. Como por aqui tudo é tão antigo, tão tradicional,tão importante, talvez as coisas mais "leves" tendem a ser não valorizadas. 
Eu como brasileira me sinto mais livre nesse sentindo. Talvez por não ter tido uma educação tão formal quanto as crianças daqui, podemos ousar mais sem ter medo de ser "errado" ou "não compreendido", e ser diferente no final das contas, só acrescenta.
Agora segue o desafio de manter aceso no Lorenzo, na terra do chá, da rainha e dos castelos de milhoes de anos, o velho jeitinho brasileiro.

                             O menino mais lindo e criativo da inglaterra.
                          
                                   
                                         Com a mamãe mais riponga inglesa

terça-feira, 26 de outubro de 2010

Sobre o frio....

Falar sobre o clima é básico. E todo mundo nos pergunta como esta sendo, e resumindo:

1. é frio, mesmo.
2. mínimas de 0 grau quese todo dia
3. de dia não chega a 5
4. quando chega, quase vamos pra piscina!
5. nem reclamamos mais

Amanha parece que começa um veranico, com máximas de 15, praticamente o rio de janeiro.
Nos últimos dias saímos de casa la pelas 09 da manha com 1 ou 2 graus, e aí sim machuca. Mesmo. O frio doi dentro do nariz, que vai pra cabeça, fora os dedos da mão empurrando o carrinho que nem se fala. Luvas, touca e manta, nem preciso dizer que é item de primeira necessidade. Quando sobre pra uns 5,aí é uma festa, ainda é frio, mas não machuca a pele pelo menos..Descobrimos que o grande negócio do inverno é o fleece. Tipo um soft. Que tem tudo, blusa, luva, casaco... eé aquilo por baixo de casaco que esquenta. Hoje sai com o Lo para o playgroup e tava 4 (sempre olho quantos graus esta pra me preparar psicologicamente) MAS estava chovendo e ventando, então sensação de temperatura negativa. No meio do caminho ele perdeu a luva e teve um acesso: mamãe, caiu minha luva, pega pega, coloca por favor, ta frio, ta frio.... eu não sabia se ria ou corria pra colocar as luvas no guri.... caminhamos uns 30 minutos pra chegar la (quer dizer, eu caminho), ele não sofr tanto porque vai embaixo da capa, mas no inverno acredito que não vao rolar essa caminhadinha básica...cheguei lá com uma dor de cabeça horrível, parece que congelou tudo por dentro e quando consegui me aquecer estava na hora de voltar.
To quase pedindo pra minha vizinha uma burca emprestada...hoje ela estava com uma rosa.

Fleece:(mas os nossos são bem básicos, pra usar por baixo.)



Manias

Lorenzo é o rei das manias. Eu sei que a maioria das crianças tem algumas, mas ele é demais. A única criança que eu conheco foi a minha irmã. Ganhava um relógio lindo do mickey andando de gangorra, mas não podia ficar no quarto porque fazia tic tac. A bicicleta ergométrica tapada com lencól, era um morto, o hamster dormia la nos cafundós porque corria a noite da rodinha,epor ai vai....
   Lorenzo, é igual. Não mistura as massinhas, cada boneco dirige uma nave específica, ninguém pode mexer nas coisas dele e por ai vai. A nova moda: ele ganhou uma bike da Didi e dos avós, e adorou. Agora que está mais seguro, anda super rápido, ligando o modo "radical" mas encasquetou que vai gastar a roda!!!! da umas voltas,fica realizado e se entristesse todo porque a roda vai gastar, daqui quer guardar. Ontem aproveitamos o lindo dia e saímos pra pedalar. E ai ele lembrou, e começou a sofrer....  a solução: pegamos a caixa de ferramentas dele, e ele foi "consertar" o pneu pra não gastar. Pronto, duas diversões. Agora sempre que andar, vai ter que arrumar, assim não gasta. Óbvio.

Pedalando

 Sofrendo que ia gastar.....

 Pronto pro conserto


 Caixa de ferramentas a postos....


segunda-feira, 25 de outubro de 2010

Rio

Lo esta de ferias essa semana, e resolvemos fazer uma programacao diferente, hoje tentamos leva-lo pra jogar boliche. Descemos na rail station (estacao de trem nacional) e caminhamos procurando o lugar. Demoraaaamos pra achar, mas achamos coisas lindas (e interessantes) pelo caminho. Norwich tem um rio, e não só um rio, é um canal que atravessa a cidade, e tem lanchas ancoradas que tu pode pagar um aluguel pra passar o dia. Eles te dao uma aula a jato, e tu pode sair navegando. Não foi nosso caso ainda, mas o Lo adorou ver os barcos e caminhar pelo canal... o dia estava lindo, um frio do cão, mas com o sol maravilhoso. Caminhamos bastante, achamos o boliche, e no final das contas hoje estava em manutenção! mas achamos um shopping de outlets!!! delícia! nao comprei nada ainda, mas pretendo caminhar bastante por la.
Fotos do nosso passeio






domingo, 24 de outubro de 2010

Eba!

Ontem me dei de presente uma camera fotografica nova! sempre quis ser boa em fotografia, e agora estou estudando, lendo e pesquisando bastante sobre o assunto.  Falei: se tem um hobby bom pra se ter na Europa, e fotografia!
Entao, as fotos do blog podem comecar a ficar melhores tambem.
Hoje o tempo tava doidao, chovia, abri o maior sol e chovia de novo. Sai pro parque e coloquei algumas teorias em pratica. Gostei muito das fotos, agora preciso aprender a fotografar pessoas!!
Hoje fomos tomar café e comer bolo na casa de uma brasileira que mora aqui fazem 3 anos. Tem uma filha de 2 anos e meio, e ela e o Lo brincaram enquanto a gente falava mal do clima inglês... tudo como deve ser.




sexta-feira, 22 de outubro de 2010

Brasil

Eu gosto do Brasil, mas sempre, SEMPRE achei outros paises muito interessantes. Nao gosto de calor, nem de muvuca na praia e muito menos de carnaval, e estou perfeitamente adaptada as mantas, casacos e principalmente botas, muita bota nessa vida inglesa.
Mas hoje passei a tarde feliz da vida cantando:
"rio 40 graus, cidade maravilha purgatorio da beleza e do caos" " a minha alegria atravessou o mar e ancorou na passarela... fez um desembarque fascinante no maioooooor show da terra.."  " estou vestida com as roupas,e armas de jorge.."  cantando a pleno pulmoes, lavando a louca e ate dancando...
kkkkkkkkkkkkkk
Nao existe nesse mundo melhor brasileiro do que aquele que nao mora no Brasil.

ps: ah! e ja baixei agora jorge benjor!!!

Filhos

E engracado como 98% da minha preocupacao (e da dor de deixar porto alegre) estava ligada com o Lorenzo. Com o que ele ia sentir, com a saudade que ele nao saberia lidar, com as despedidas que ele teria que fazer, das avós, avôs, tias amigos...  A festa na escola dele, um dia antes da viagem, me cortou o coracao. Era eu e a prof chorando, a secretaria... um horror. E ele ali, brincando com os amigos. No mesmo dia teve um aniver da colega, e quando eu via ele brincando com os outros, virava a cara pra nao chorar. Naquele dia ele percebeu um pouco o que estava acontecendo, mas acredito que só pela minha cara!!! A minha dor era maior porque eu sabia que ele nao veria mais os amigos e a escola que ele adorava por um looongo tempo. E ai é que esta a questão: nunca, nunca, nunca queremos que os filhos sofram, mas isso é simplesmente impossível, e mais importante ainda, não é saudável.
Tudo isso, porque acabei de receber um e-mail da escola, e os amigos dele fizeram uns desenho pra ele, e algumas fotos de um passeio que fizeram, e eu na hora pensei: não vou mostar pro Lo de jeito nenhum!!! porque ele vai perguntar onde eles estão, porque ele vai lembrar... nos primeiros dias aqui, tudo que eu queria era que ele esquecesse tudo de porto alegre, tudo e todos, pois assim não sentiria saudade e não iria sofrer. Mas vi que esses desenhos e fotos, são sim importantes pra ele. Faz parte da história dele, e é muito bom saber que tem pessoas que estão sentindo saudade, e que principalmente, não sumiram da vida dele só porque estamos um pouco longe.  Assim que ele chegar da escola vou mostrar sim. Porque como ja dizia  um dos melhores filmes de todos os tempo (Procurando Nemo), quando o pai fala que tinha prometido ao Nemo que nada ia acontecer com ele, a Dory no alto da sua sabedoria diz..."se nada acontecer com ele, então.... nada vai acontecer com ele."

quinta-feira, 21 de outubro de 2010

Outono, ou p...que pariu que frio!

O frio chegou. Mesmo. De verdade verdadeira. As maximas estao por volta de 10 graus, e ontem e hoje saimos pra rua com 1 grau. De manha, perto do meio dia!
Eu sempre gostei de frio. E aqui gosto mais ainda, porque dentro de casa é uma beleza... ligamos um pouco a calefação e a casa fica uma delícia.. ficamos de camiseta e lá fora aquele vento siberiano.
Lorenzo como toda boa criança, não sente frio. Melhor, não sentia frio... hoje pediu as luvas e a toca engraçada que cobra as orelhas (Diiiii, as dos powers estão pequenas!!). Quando saímos de carrinho ele pede pra colocar a proteção do vento (tipo uma capa de chuva de carrinho) e diz: ta frio mesmo né mamãe?
É engraçado como aqui é MUITO mais frio que Londres, mesmo sendo tão perto. Olhando a previsão é sempre no mínino uns 3 graus a menos, as vezes mais. Aqui as madrugadas já estão em -1, e Londres ainda registra temperaturas positivas. Ontem ficamos sabendo que é possível que não neve no natal, pois espera-se um dezembro muito frio pra nevar. Mas que me janeiro e fevereiro ela vem (tomara).
As inglesas aos poucos começam a colocar roupa. Ainda tem as loucas que saem de meia calça e mini saia(!!!!) mas já são poucas. Por aqui o sem roupa é o Bernardo, que não trouxe nenhum casaco pesado de frio e hoje quase teve uma síncope!!
No mais aproveitando as coisas boas do inverno: vinho a  noite, edredom macio e um marido pra aquecer os pés.

VOLTANDO DA ESCOLA

Dani

quarta-feira, 20 de outubro de 2010

Amuletos, saudade, felicidade.


Quem passa por grandes mudancas, sejam elas fisicas ou psicológicas, sabe que nunca mais se volta a ser a mesma pessoa.
Quando morei em curitiba por 4 anos, aprendi que saudade pode doer fisicamente. Que é meio uma falta de ar, meio um dor no coração (de verdade), meio um monte de coisas.
Nos primeiros meses, eu sofri muito, chorei muito, parecia até piada...ligava pra minha mãe, e ficava cada uma chorando de um lado sem falar nada, passava pra minha madrinha, a mesma coisa, pro meu pai, igual... e assim foi uns bons meses. Daquela época, algumas coisas fisicas me marcaram muito. Fui embora um dia depois do meu aniversário, e ganhei um CD da Marcela(da Zélia Duncan) que embalou minha tristeza por esse período. Até hoje quando escuto da um arrepio! Mas o que mais marcou, foi um quadrinho pequeno, que meu pai me deu, com uma foto minha criança tocando teclado. Por muito, muito, muuuuuito tempo, eu olhava o quadro e me esbugalhava chorando. Porque me lembrava deles, porque era pela música que eu tava ali. Quando comecei e melhorar, guardei o quadro na gaveta, e só alguns meses (tudo bem, 1 ano depois) eu coloquei de novo pra cima.
Tudo isso pra contar, que esse quadrinho é uma das coisas mais importantes que eu tenho aqui comigo agora. Serve como um "amuleto de mudança". Eu olho pra ele e não choro, pelo contrário, acho lindo como tudo aquilo que eu sentia me preparou pra esse mudança também. Hoje a saudade continua aqui. Mas não machuca daquele jeito. Ela aparece pra valer, quando vejo alguma coisa linda e interessante que tenho certeza que algumas pessoas gostariam de ver, quando o Lo faz alguma coisa engraçada, e só eu e o Ber podemos assistir. É nesse hora que entra o "amuleto da Inglaterra": poucos dias antes da viagem, fizemos um churrasco na casa da Mirtis e do Vicente, e na hora da despedida ela me disse: "VEJAM TUDO COM OLHOS DE FELICIDADE". E é nisso que eu penso quando a saudade aperta. Porque as coisas lindas, continuaram aqui para as pessoas verem quando chegarem, e o Lorenzo ainda terá milhoes de palhaçadas pra fazer para platéias diferentes.
E olhar tudo com olhos de felicidade, faz até a saudade ser um sentimento gostoso, que aquece o coração, enquanto esperamos a hora para mostar tudo de maravilhoso que estamos fazendo e sentindo por aqui.

Dani

segunda-feira, 18 de outubro de 2010

Londres

Chegamos em Londres na sexta a tarde e voltamos hoje de manha. Mas nunca e tempo suficiente, acredito que ate pra quem mora la. O meio de transporte de Londres,  é uma coisa a parte. Eu fico super confusa, pois existem 10 linhas de metro, e trem, e onibus e tipo uns bondes... mil coisas, ir aos lugares ja é um passeio.
Cada esquina, traz possibilidades. Como precisamos comecar por algum lugar, no sabado visitamos o Museu de historia Natural. E maravilhoso!!! Pra ter uma idéia tem uma baleia azul em tamanho natural, gigante. Vimos mais ou menos 1/4  do lugar, pois nossa caravana era composta por 2 casais jovens, um menino de  3 anos e um bebe de  4 meses, ou seja, os passeios tinham tempo de validade.
No domingo de manha eu e o Ber saimos pra namorar (tanks Fred e Tha) e caminhamos, tomamos um café, e fizemos umas comprinhas brasileiras (erva, cafe,feijao, pao de quijo, canjica e coco ralado!!!). Na voltamos fomos em um teatro que o fred e tha descobriam, que tem um "sunday family". Na verdade é um cafe com desenhos e lapis nas mesas pra criançada desenhar, enquanto rola uma banda execelente para os pais verem. Tava uma delicia, Lorenzo curtiu a banda, não tanto os desenhos!
Ainda pretendemos voltar muitas e muitas vezes se nossos anfitriões quiserem nos receber de novo.

CHEGADA NA ESTACAO EM LONDRES

 CARAVANA NO METRO
 ALMOÇO ANTES DO MUSEUS (lorenzo que tirou a foto)
 MUSEU DE HISTORIA NATURAL

 BALEIA GRAAAAAAANDE

 DENTRO DA ESTACAO DE METRO
 CASAL PASSEANDO POR LONDRES SOZINHOS

 E AI PAI, JA ESCOLHEU??



 DESCEEEEEEENDO PARA PEGAR O METRO
video
E O vídeo da banda que vimos: